Diagnóstico de Gestão de Pessoas

#

“Por onde começo?” Essa dúvida é muito comum àqueles caminhando rumo à implementação de políticas de recursos humanos em sua instituição e muito pertinente. Assim sendo, a fim de nortear os passos desse caminho, vale dar uma olhada nas dicas abaixo. Em primeiro lugar é importante identificar quais as maiores deficiências presentes: - Por que estou sentindo necessidade de práticas de RH? - O que desejo alcançar ou sanar com essas práticas? - Há uma visão de futuro definida? A instituição sabe aonde quer chegar? - Os líderes estão alinhados quanto à visão estabelecida e os rumos da instituição? - Essa visão é compartilhada com toda a equipe e as pessoas estão engajadas a alcançar os objetivos estabelecidos? - Os funcionários estão motivados e comprometidos? - O clima de trabalho é agradável e favorável às mudanças necessárias? - Os objetivos traçados estão sendo alcançados pelos funcionários? - Os funcionários oferecem um bom desempenho? - Meu programa de treinamentos e capacitação é eficaz? - As funções e processos estão organizados e as pessoas conhecem suas responsabilidades? - As políticas de remuneração são eficientes? - Meu processo seletivo é efetivo? Há alta rotatividade? Uso técnicas competentes para selecionar o melhor candidato para a vaga disponível? Após avaliação dos itens acima fica mais claro priorizar a implementação de políticas de recursos humanos eficazes. É importante que todo o sistema de gestão de pessoas seja desenvolvido de forma alinhada e convergente, a fim de sanar as deficiências e promover avanços consistentes rumo às oportunidades. Para aqueles que desejam implementar todo o sistema de Gestão de Pessoas e não há prioridades latentes, ou seja, “tudo é prioridade”, segue um breve escopo como sugestão de implementação: Defina aonde quer chegar. Visão, objetivos e metas para a instituição. Trace a estratégia, o caminho para chegar lá. Identifique as competências necessárias para alcançar os objetivos estabelecidos. Ou seja, identifique o que se deve esperar em termos de desempenho de sua equipe. Entenda e analise como está o clima organizacional. Tire uma fotografia do clima e desenvolva planos de melhoria, segundo a estratégia traçada. Avalie o desempenho de sua equipe. Mostre a eles o caminho a seguir e os ajude a alcançar os objetivos esperados. Trace um plano de capacitação eficaz. Desenvolva um processo de seleção efetivo. A partir da descrição de cargos e perfis, desenvolva instrumentos (testes, dinâmicas e entrevistas) capazes de selecionar o melhor candidato para as suas vagas. Capacite sua equipe para realizar esse processo. Desenvolva políticas de remuneração condizentes com sua estratégia, a fim de contribuir com o processo do alcance de suas metas. O primeiro passo é entender que a Gestão de Pessoas é uma área estratégica e deve caminhar lado a lado com a alta liderança. E lembre-se: As pessoas são as únicas forças capazes de levar a organização do presente para o sucesso! Investimento em pessoas é retorno para a instituição! Pense, desenvolva, usufrua. Artigo de Tatiana Almeida